Displasia da Anca

Anca displásica

A Displasia da Anca ou Displasia Coxo-femoral é uma doença do desenvolvimento da articulação coxo-femoral que afecta sobretudo cães de grandes de crescimento rápido. É uma patologia muito frequente em raças como Pastor Alemão, Labrador Retriever, Golden Retrivier, Rottweiler, Boxer…

A Displasia de Anca é uma doença hereditária?

É uma doença que pode afectar cães de todas as idades. Nos casos mais severos pode afectar cachorros desde os 5 meses que começam a demonstrar dor e desconforto durante e após o exercicio. Esta condição tende a piorar até as mais simples actividades do dia a dia serem dolorosas.

Na maior parte dos casos os sintomas surgem apenas na meia idade ou em cães idosos.

É uma doença de carácter hereditário embora seja condicionada por outros factores (ambientais, nutricionais)

Consiste no excesso de lassitude da articulação coxo-femoral conduzindo ao surgimento de artrose.

Como se diagnostica a Displasia de Anca?

Recessão da Cabeça do fémur

Os principais sintomas da Displasia de Anca são claudicação, dor, redução da actividade, relutância em subir ou descer escadas.

Animais de raças predispostas, filhos de animais afectados e animais de crescimento rápido, mesmo que de raça indeterminada, devem ser sujeitos a um despiste radiográfico aos 18 meses de idade e, se necessário um segundo despiste aos dois anos para se confirmar que o animal não apresenta Displasia da Anca. Estes exames radiológicos exigem um relaxamento completo dos músculos e mobilidade total das articulações sendo, por isso, realizados sob sedação.

Como evitar que a doença se venha a desenvolver?

Anca normal

Ofereça ao seu cão uma ração indicada para o peso e tamanho que ele terá quando for adulto na quantidade recomendada.

Evite a obesidade pois sobrecarrega a articulação da anca.

Não forneça suplementos de cálcio porque estes agravam a tendência para a Displasia.

Antes do crescimento terminar não deixe o seu animal realizar saltos ou exercícios muito violentos, porque tornam a articulação da anca mais fraca.

Evite pisos escorregadios onde o seu cão tenha de fazer muita força ou derrape.

Qual é o tratamento para a Displasia de Anca?

Sendo uma doença hereditária, o seu animal não deve ser usado para reprodução uma vez que iria perpetuar a transmissão da doença.

Para decidir o tipo de tratamento mais adequado deverá consultar o seu médico veterinário que irá avaliar vários parametros (o grau de Displasia, dor, idade, peso e modo de vida do animal).

Prótese de Anca

Tratamento médico conservador – consiste em repouso, redução do peso, administração de anti-inflamatórios e analgésicos nas crises de dor e protectores articulares e/ou ácidos gordos essenciais como medicação a longo prazo. Existem rações específicas que contribuem para a melhoria de qualidade de vida do seu animal com patologia articular.

Tratamento cirúrgico – existem várias técnicas disponíveis para a correcção deste problema e que devem ser escolhidas mediante analise mais detalhada de cada caso particular. As técnicas mais frequentes são a Recessão da cabeça do fémur, a Prótese total de Anca e a Osteotomia tripla.

 
José Pedro Lopes Rodrigues